Guia do Call To Action: tudo o que você precisa saber sobre CTA

O call to action ou chamada para ação, traduzido para o português, é uma chamada para que o leitor possa executar alguma ação. Geralmente, vem no final dos textos e com verbos no imperativo, como “acesse”, “clique aqui”, “compartilhe esse post”, entre outras frases. Este é um recurso importante no Marketing de Conteúdo, porque direciona o usuário para o que ele precisa fazer e aumenta as chances de conversões. 

Se você parar para pensar, diariamente somos impactados com frases desse tipo. Nos locais que frequentamos somos orientados a tomar ações do tipo “empurre” ou “puxe” nas portas, “sorria, você está sendo filmado” em estabelecimentos comerciais, “acesse o cardápio pelo QR Code” em restaurantes. A ideia é a mesmo quando se trata de CTA’s nos textos. 

Entretanto, para que o call to action realmente cumpra o seu papel é preciso que seja claro, objetivo e tenha relação com a sua proposta. Imagine como é frustrante para o usuário realizar uma determinada ação e descobrir que é completamente diferente do que foi proposto inicialmente. A pessoa pode se sentir enganada e isso não é interessante para o seu negócio.

Neste texto, você vai saber:

Saiba como são classificadas as chamadas para ação

As CTA’s podem variar, dependendo do objetivo do conteúdo em que elas estiverem inseridas. Veja as classificações em que são atribuídas e alguns tipos de call to actions.

Apela para a funcionalidade da página. Um exemplo é a página de um produto em um e-commerce, que possui o objetivo de vender aquele determinado item. Um claro exemplo de CTA primário nessa página é o botão de comprar/adicionar ao carrinho.

Uma boa opção de CTA secundário é oferecer produtos relacionados em um ponto estratégico da página. Por exemplo: uma página referente a uma geladeira tem o objetivo de vendê-la, mas ela também poderá vender os produtos complementares — o foco secundário.

Existem também alguns tipos de call to action, como:

Onde são utilizadas as call to actions?

As chamadas para ação podem ser usadas em diversos canais. Em cada um deles, elas terão uma função específica. Confira!

Home e páginas do Site

Quando uma pessoa acessa o site do seu negócio é porque ela tem algum tipo de interesse. Geralmente, o usuário deseja saber mais a respeito dos produtos ou serviços que você presta. Por isso, o CTA pode ser para a pessoa falar com um especialista, saber mais sobre o que é ofertado ou assinar uma newsletter. 

Redes Sociais

As redes sociais são peças fundamentais no Inbound Marketing. Então, é recomendada a utilização de chamadas para a ação, a fim de levar o consumidor ao próximo estágio do funil de vendas. Por ser um call to action para curtir e compartilhar os posts com amigos ou ainda acessar o site do seu negócio. 

Email Marketing

Nesse caso, o CTA deve ser estratégico e objetivo. É uma forma de guiar a pessoa para o próximo estágio do funil. Pode ser para acessar o site, fazer um cadastro ou inscrição ou falar com um especialista.

Blogposts

A maior parte dos artigos criados é direcionada ao topo do funil, ou seja, tem a intenção de atrair a maior quantidade de visitantes possível para uma página de destino. Já os conteúdos de fundo do funil, a estratégia é vender.

Dessa forma, é preciso alinhar os CTA’s com os objetivos de cada etapa, criando conteúdo de qualidade e utilizando-se dessa estratégia para levar o consumidor entre as fases do funil.

Anúncios

No momento de fazer campanhas digitais pagas também é preciso utilizar um call to action estratégico.Geralmente os textos são curtos e por isso, as palavras devem ser objetivas.

Por que escolher o call to action adequado para a estratégia de Marketing?

Para que realmente o call to action tenha o efeito esperado e o negócio consiga obter os melhores resultados de conversões é preciso levar em consideração alguns fatores na hora de criá-las, como considerar o estágio do funil de vendas, quem é a persona do negócio, qual o objetivo do CTA e em que canal será utilizado. 

Caso esses e outros fatores não sejam levados em consideração, certamente o usuário não terá o interesse de fazer a ação proposta. Por isso, não somente a criação do call to action como também conteúdos como um todo precisam ser feitos com base em um planejamento estratégico e utilizando técnicas adequadas. 

Fazer bons conteúdos, com CTA’s adequados é primordial para se destacar no Google! Na 4leads você faz um diagnóstico gratuito com nossos consultores online e recebe um mapa de tudo o que precisa fazer para se destacar no digital.

Nos siga nas redes sociais, Instagram, Facebook e LinkedIn, para acompanhar outros conteúdos!

Ad Rank: fatores de qualidade importantes para a classificação dos anúncios

O Ad Rank é considerado fatores de qualidade utilizados pelo Google Ads para ranquear os anúncios. A plataforma gera uma nota de 1 a 10, que é usada para determinar se o anúncio, as palavras-chave e a página de destino são relevantes para o internauta interessado naquele assunto.

Quando o Google faz o ranqueamento para determinar qual a posição de cada anúncio, o índice de qualidade é parte fundamental. Isso porque, o Google prefere não apresentar um anúncio que tenha uma qualidade baixa, pois o objetivo da plataforma é apresentar ao usuário o anúncio certo, no momento certo. 

É por isso, que cada anúncio deve ter uma qualidade mínima para ser apresentado.

Como é calculado o Ad Rank (classificação do anúncio)?

A classificação do anúncio resulta da multiplicação do lance de CPC pelo índice de qualidade.

A melhor combinação de lance do CPC (Custo por Clique) vezes o Índice de Qualidade gera a melhor posição. Por exemplo, se um anunciante tiver feito um lance de 2 euros e se o índice de qualidade de keyword acionada é 10 então a sua classificação é 20: 2 vezes 10 igual a 20.

6 fatores para a classificação dos anúncios

Existem alguns fatores que são determinantes para uma boa classificação dos anúncios. Veja quais são!

Lance

O definir o lance indica ao Google Ads o valor máximo que está disposto a pagar por um clique no seu anúncio. O valor que paga na realidade é frequentemente menor e pode alterar o lance em qualquer momento.

Qualidade dos anúncios e página de destino

O Google Ads também verifica a relevância e a utilidade do anúncio e do Website a que este está associado para o cliente. A avaliação da qualidade do anúncio é resumida no Índice de qualidade, que pode monitorizar (e procurar melhorar) na conta do Google Ads.

Limiares de classificação de anúncios

Para ajudar a garantir anúncios de alta qualidade, o Google estabelece limiares mínimos que um anúncio tem de cumprir para aparecer.

Competitividade de um leilão

Se dois anúncios que concorrem pela mesma posição tiverem classificações de anúncios parecidas, cada um terá uma oportunidade semelhante de ganhar essa posição. 

À medida que a diferença na classificação de anúncios entre dois anunciantes aumenta, o anúncio com uma classificação mais elevada terá mais probabilidades de ganhar, mas também poderá pagar um custo por clique mais elevado por esta vantagem.

Contexto da pesquisa da pessoa

Com o leilão de anúncios, o contexto é importante. Ao calcular a classificação de anúncios, o Google verifica os termos de pesquisa que a pessoa introduziu, a localização da pessoa no momento da pesquisa, o tipo de dispositivo que está sendo usado (dispositivo móvel ou computador), a hora da pesquisa, a natureza dos termos de pesquisa, os outros anúncios e resultados da pesquisa que são apresentados na página, assim como outros sinais e atributos do utilizador.

Impacto esperado das extensões de anúncio e de outros formatos de anúncio

Quando o anúncio é criado existe a possibilidade de incluir informações adicionais, como um número de telefone ou mais links para páginas específicas do seu site. Estas adições têm o nome de extensões de anúncios. O Google Ads estima o modo como as extensões e os outros formatos de anúncios usados terão impacto no desempenho do seu anúncio.

Conclusão

Agora você entendeu que existem critérios para que os anúncios consigam uma boa classificação no leilão do Google. Para isso, é preciso contar com a expertise de quem entende e tem bastante experiência com Marketing de Performance. 

Afinal, você estará investindo dinheiro e precisa obter os melhores resultados. Visite o nosso site e fale com a nossa especialista para fechar uma parceria de sucesso! Seu negócio saindo do zero, rumo ao topo no digital. Nos siga nas redes sociais, Instagram, Facebook e LinkedIn, para acompanhar outros conteúdos!